Entenda o porquê a profissão de Personal Organizer tem crescido tanto nos últimos anos

Tempo de leitura: 3 minutos

Saiba mais sobre a área de atuação da Personal Organizer e entenda porquê esse profissional está transformando a vida das pessoas

Nem todo mundo tem talento para organização. Uma tarefa como arrumar o armário, que pode parecer simples para alguns, para outros é um verdadeiro pesadelo.

A correria do dia a dia faz com que as pessoas deixem algumas tarefas de lado, causando desordem na vida e nos espaços por onde circulam.

É dentro desse contexto que a Personal Organizer atua. A profissão tem crescido nos últimos anos e vem chamando atenção daqueles que querem transformar sua capacidade de organização em fonte de renda.

Embora não exista um levantamento oficial, estima-se que cerca de 2 mil pessoas já atuam na área no Brasil, especialmente no eixo Rio de Janeiro – São Paulo.

O mercado da organização ganhou fôlego no país recentemente graças ao sucesso de programas como o “Santa Ajuda”, no GNT, comandado pela apresentadora Micaela Góes, e da série “Ordem na Casa com Marie Kondo”, desenvolvida para a plataforma de streaming Netflix.

Como surgiu a profissão de Personal Organizer?

Apesar de parecer uma novidade, a profissão de Personal Organizer surgiu na década de 1980.

Tudo começou nos Estados Unidos, em 1983, quando Bewerly Clower, Stephanie Culp, Ann Gambrell, Maxine Ordesk  e Jeanne Short se juntaram para oferecer serviços de organização em Los Angeles.

O projeto foi um sucesso e, em menos de três anos, elas fundaram a National Association Of Professional Organizers (NAPO). Atualmente, a organização já conta com mais de 4 mil membros.

No Brasil temos a Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade (Anpop), que ainda engatinha com 300 associados.

Já para quem deseja se profissionalizar, a OZ! é uma referência no mercado nacional. Fundada em 2005, a empresa oferece diversos cursos na área e já qualificou mais de 4 mil alunos.

Qual é a chave do sucesso da Personal Organizer?

Não é de se estranhar que esse profissional esteja ganhando mais espaço nos últimos anos. Qual é um dos bens mais preciosos no mundo contemporâneo?

Se você pensou no TEMPO, acertou! Quem nunca desejou mais algumas horas no seu dia para estudar, trabalhar, cuidar do corpo e da mente, passar mais tempo com a família e os amigos?

Muito mais que simplesmente arrumar a casa, o escritório, um espaço como a lavanderia ou até mesmo os arquivos digitais, o Personal Organizer otimiza o tempo dos seus clientes para que eles possam se dedicar às suas verdadeiras paixões.

O profissional da área cria uma rotina eficiente de organização, que se reflete em mais qualidade de vida, bem-estar e mais tempo para o desenvolvimento pessoal, lazer, família, etc.

Até o mercado do varejo está mais atento ao mercado da organização. Grandes lojas como a Leroy Merlin e a C&C já contam com setores específicos para a venda de produtos desse segmento.

+ Como expandir minha área de atuação como Personal Organizer?

Como se tornar uma Personal Organizer?

Se você se interessou pela profissão, fique de olho nas datas dos cursos em nossas redes sociais, e encontre o programa ideal para você.

Para mais informações sobre cursos, mercado e áreas de atuação, visite o site da OZ!.